Digital Foundry | Confira a análise técnica de Monster Hunter Rise

Monster Hunter Rise é um dos maiores jogos para o Nintendo Switch a serem lançados em 2021 e chega já nesta sexta feira, dia 26 de março. Neste sentido, a Digital Foundry produziu mais um dos seus vídeos de análise técnica para examinar o desempenho do jogo.

Confira o resumo:

– Não utiliza todas as características da RE Engine, mas implementa algumas delas;
– A resolução fica em 756p quando em modo Dock;
– A resolução fica em 540p em modo portátil;
– O jogo possui trabalhos de animação sólidos, a maioria das animações não colidem com objetos no terreno;
– A animação de ataque parece ser diretamente baseada em Monster Hunter World;
– A animação em geral é bastante fiel à Monster Hunter World, apenas com pequenas mudanças;
– A folhagem do cenário é animada e reage ao seu personagem, mas as sombras estão reduzidas ou ausentes;
– A sombra das árvores é estática em Monster Hunter Rise, enquanto se mexia em World;
– A Capcom parece ter feito os cortes certos para conseguir rodar este tipo de jogo de Monster Hunter no Nintendo Switch;
– Quando os inimigos estão a certa distância da câmera, suas animações caem para a metade, ficando em 15fps ao invés de 30fps;
– A taxa de frame rate que o jogo se propõe a atingir é 30fps, que normalmente é entregue;
– O desempenho é similar em ambos os modos Dock e Portátil;
– As telas de loading geralmente acontecem enquanto você sai ou entra na vila, e são bem rápidas;
– O jogo tem suporte ao áudio 51..

Confira a análise completa do jogo abaixo, em inglês:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *